Olá, tudo bem? 😀

Hoje tenho o prazer de apresentar a você mais um querido membro do nosso time Politiquê?. Sabe aquela pessoa super do bem, que sempre está com um sorriso no rosto e disposta a ajudar? Então, essa pessoa é o Felipe!

Assim como o Edu, nosso último entrevistado, o Felipe também atua no Marketing do Politiquê? e acredita que todos nós podemos fazer a diferença em nossa sociedade de alguma forma! Ele, que é formado em Gestão de Negócios e cursa um MBA nessa mesma área, atualmente  é agente de Inovação do SEBRAE/PE.

Ah, o Felipe fez questão de compartilhar conosco um sonho que ele está perto de realizar: viajar para Toronto, no Canadá, para fazer um intercâmbio, aperfeiçoar o english e voltar repleto de novas ideias! Ele acredita que voltará “com novas experiências, novos conhecimentos., bagagem cultural e muitas histórias!”. Disso não temos dúvidas, não é? 🙂

Felpe

Politiquê?: Felipe, qual imagem você fazia do Politiquê? antes de se tornar membro? E quando você decidiu fazer parte?

Felipe: Bem, eu conheci o projeto em 2015, através de Camilla. Me lembro como se fosse hoje. Estávamos em uma seleção de emprego em uma hotel no Pina, e ai alguém me disse que Camilla era fundadora de uma ONG que falava sobre Política. Até então eu não sabia NADA sobre o Politiquê?. Achei interessante, mas nada que chamasse muita atenção. Alguns meses depois, tive o primeiro contato com Camilla. Ela me falou sobre o Politiquê? e eu fui logo stalkear as páginas para ver sobre o que se tratava. Achei irado o projeto! No outro dia, conversando novamente com ela, eu falei para ela seguir em frente e que eu acreditava muito no projeto e compartilhava do sonho da sociedade brasileira ser mais consciente politicamente.

Passei a fazer parte da equipe através de um convite para participar da Ação Desenvolva!. Novamente FOI PAIXÃO A PRIMEIRA VISTA! Pude observar como o projeto funciona de dentro, e como ele tem um viés tão forte sobre uma das áreas que sou apaixonado: Empreendedorismo. Dai perguntei como poderia fazer parte da equipe. E estou aqui hoje falando pra vocês sobre como tudo surgiu. Rsrsrs

Politiquê?: Massa, Felipe! Você poderia falar um pouco mais sobre como foi participar da Ação Desenvolva!?

Felipe: O start. O início de uma relação com o projeto. Olhar para as soluções dos alunos ali, tentando dar forma a uma ideia, deu todo sentido àquela frase: “Podemos ser protagonistas das mudanças que queremos ver”. Eu me senti parte de uma mudança que chegará aqui ao Brasil. Foi como se eu conseguisse enxergar, com exatidão, uma parte do futuro sendo construído hoje. É extremamente motivante!

Felipe participando da última aula da Ação Desenvolva! em 2016.
Felipe participando da última aula da Ação Desenvolva! em 2016.

Politiquê?: Agora conta um pouquinho sobre o que você já fez no projeto e sobre o que está fazendo atualmente.

Felipe: Atualmente trabalho na equipe de Marketing. Nós desenvolvemos estratégias para divulgar os produtos do Politiquê?. Já participei de várias reuniões com o objetivo de formular planos de divulgação do projeto. O nosso mais recente é o de divulgar o curso chamado: “Estourando a Bolha”. Ele falará sobre ecossistemas empreendedores. Temos visitado algumas faculdades com o intuito de atrair os jovens para esse curso e também recrutar voluntários para nossas próximas ações. A equipe não para de crescer!

Fora isso, tenho trabalhado na edição de um vídeo institucional que gravamos há alguns meses. Queremos difundir a essência do projeto e mostrar que mais pessoas podem contribuir com esse nosso sonho.

Politiquê?:Você já trabalhou na área de Marketing antes? Como está sendo atuar nessa área no Politiquê??

Felipe: É uma das áreas que eu gostaria muito de ter me especializado, mas por escolhas pessoais, optei por outros caminhos. Sempre achei fascinante design e produtos. Nunca cheguei a trabalhar na área, mas cheguei a iniciar uma faculdade de Design Gráfico para dar sequência nessa área, coisa que não aconteceu.

Tem sido um grande desafio. Muitas coisas que preciso ler e pesquisar antes pra levar alguns questionamentos para as reuniões, bem como muita coisa técnica! No vídeo que fomos gravar, eu até me aventurei em atuar como fotógrafo. Rsrsr. Muitas coisas sobre iluminação, enquadramento, áudio, vídeo, tive que dar uma pesquisada antes pra poder tentar colocar em prática nesse dia. Diga-se de passagem: foi hilário! Rsrsrs muita coisa deu errado – a começar pelo tripé que consegui com alguns amigos fotógrafos. O tripé era do pequeno e tivemos que improvisar. Rsrsr- no final das contas deu tudo certo, ufa!

Politiquê?: Você acredita que sua área de formação acadêmica pode contribuir para a educação política? De que forma?

Felipe: Sou formado em Gestão de Negócios pela Faculdade Boa Viagem (Devry)  e estou me especializando em Gestão com Pessoas (FCAP/UPE).

Eu acredito veementemente que não só a minha área de atuação, mas todas podem contribuir para  a educação política. É simples, o ser humano tem uma capacidade incrível de fazer associações. Experiências vividas em uma área podem ser facilmente transportadas para outras e assim agregar. É assim que funciona com inovação. É assim que funciona na natureza. É assim que eu acredito que funciona na vida!

Politiquê?: Amei a resposta! Agora outra perguntinha: sei que sua trajetória está apenas começando no Politiquê?, mas já teve algum momento que mais o marcou?

Felipe: Sem dúvidas o primeiro contato com os alunos. É como já falei anteriormente: ver a mudança acontecendo na prática é muito gratificante. A maturidade no pensamento dos jovens ali discutindo ideias de negócios e muitos pensando em negócios sociais. Me vi ainda mais movido a fazer mais pra que esse sentimento de “mudança” se intensifique.

Politiquê?: Você poderia listar cinco coisas que você aprendeu trabalhando no Politiquê?

Felipe:

1)    Reconhecer as próprias limitações.

2)    Pedir ajuda quando necessário.

3)    Nenhuma ideia é tão boa que não possa ser melhorada.

4)    Liderança Servidora.

5)    Impossível é uma questão de ponto de vista.

Politiquê?: Como você descreveria o trabalho em equipe do Politiquê??

Felipe: Multidisciplinar. Aprendemos muito no dia a dia uns com os outros.  Sempre buscamos informações e conhecimentos para agregar ao nosso trabalho, isso enriquece a nossa atuação nas ações e nos faz crescer bastante internamente como equipe.

Politiquê?: Normalmente pergunto a todos os membros entrevistados como eles imaginam o Politiquê? daqui a 5 anos. Não posso deixar de perguntar a você o mesmo! Hehe. E aí?

Felipe: Vejo o projeto consolidado nacionalmente, com a nossa sede em Pernambuco, e com o campo de atuação ampliado para todos os estados do Brasil. Novos produtos na área de educação política e também em Empreendedorismo Cidadão e Liderança Jovem. Exportando boas práticas para ONG’s de toda América do Sul e Norte.

Politiquê?: E que dicas você pode deixar para quem deseja fazer parte do Politiquê?

Felipe: Comece. Dê o primeiro passo. Não espere o tempo certo. O tempo certo é hoje e agora. A gente aprende a partir do momento que a gente se experimenta, e a palavra experimentar é um verbo que detona ação. Fique sempre de olho nas nossas redes sociais, estamos sempre divulgando vagas para que você possa se juntar a nossa realidade.

Mais uma entrevista inspiradora! Muito obrigada por essa ótima entrevista e pelo seu trabalho no projeto, Felipe!  🙂

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA história da democracia moderna em três partes
Próximo artigoReforma da Previdência Social
Projeto Politiquê?
Somos um projeto social formado por voluntários que acreditam na educação política e na cidadania como ferramentas de transformação social. Nossa proposta é fornecer aprendizado sobre o aspecto institucional básico e sobre o funcionamento da política, e também promover valores cidadãos por meio do empreendedorismo cidadão. Nosso trabalho é voluntário e desvinculado de partidos ou de correntes ideológicas. Temos como compromisso o suprapartidarismo e a imparcialidade. Queremos oferecer uma linguagem dinâmica, acessível e de qualidade sobre os temas de política, cidadania e empreendedorismo cidadão.

DEIXE UMA RESPOSTA